quinta-feira, agosto 04, 2005

La Cucaracha, La Cucaracha!

Sai hoje, no suplemento semanal Eu&Cultura, do Valor Econômico, uma reportagem do blogueiro aqui sobre o tal ‘boom hispânico’ em Bushland. “Hispânico” foi um termo muito do rastaqüera invetado pelos assessores de Richard Nixon para o censo norte-americano nos anos 70. Apesar da oposição do movimento (me) chicano, a maioria branca e protestante oficializou-o nas universidades da Ivy League e confinou em um mesmo gueto cubanos, porto-riquenhos, mexicanos, espanhóis e, para alguns estudiosos, até brasileiros e portugueses – hispânico seria entendido como ‘descendente de populações originárias da Hispania, nome dado pelos romanos para a Península Ibérica, incluindo a terrinha também’.

Enfim, na reportagem tem o béisbol (escrito assim mesmo) sendo tomado pelos dominicanos, as salas de cinema do Maya, um multiplex en lengua castellana, a nova mega-produção de uma dupla de diretores mexicanos que acaba de embolsar US$ 25 milhões em sua mais recente produção e, claro, as novas aventuras hollywoodianas de nossos Walter Salles e Fernando Meirelles. Sim, também deu tempo – ufa! – para falar do novo prefeito de Los Angeles, Antonio Villaraigosa, e do favorito do Partido Democrata para enfrentar Mike Bloomberg, aqui em Nova Iorque, no ano que vem, na peleja pelo controle da cidade, o boricua Fernando Ferrer, del Bronx. Amanhã, nas bancas ou, só para assinantes, no valoronline.

2 comentários:

Olga disse...

E quem perdeu o artigo no jornal e não é assinante do site, dança?
besos,
tu muchacha.

Eduardo Graca disse...

Amore,

vc nunca dança pois trabalha na maior empresa do Brasil-sil-sil!