segunda-feira, abril 17, 2006

Living With War


Neil Young: Heart Of Gold, o documentário de Jonathan Demme centrado na apresentação do show Praire Wind em Nashville é talvez mais intimista do que parte da audiência do gênio canadense possa suportar. Entre um canção e outra fala-se da morte recente do pai de Young e da descoberta de que o rock star tem um aneurisma no cérebro. Mas para os interessados em mergulhar de fato na cultura popular da América do Norte do século que passou o filme é um pepita rara, apesar (ou exatamente por conta) do alto teor country, do cenário breganejo, da ausência, vá lá, da rebeldia mais explícita que caracterizou parte do trabalho de Young.

Pois bem, para estes a notícia do dia acaba de ser publicada no The Independent. O jornal londrino confirma os boatos e anuncia aos quatro cantos que o novo disco de Neil Young é todo inspirado na invasão do Iraque pelas tropas norte-americanas e que sobram cacetadas em George Bush & cia. Uma das faixas leva o singelo titulo de Impeach the President. Em seu website Young brinca dizendo que metal-folk protest é o que se pode fazer quando olha para os lados e percebe aonde está vivendo. O nome do álbum é justamente Living With War e, de acordo com Jonathan Demme, foi finalizado em três dias e vai chegar logo às melhores lojas do ramo por aqui.

Enquanto isso, a gente fica com a letra da música-título que abre o disco:

I'm living with war right now/ And when the dawn breaks I see my fellow man/ And on the flat screen we kill and we're being killed again/ And when the night falls I pray for peace/ Try to remember peace

Um comentário:

Olga disse...

Delícia pra você, hein? Young by Demme... Dementical!!!
saudades