domingo, junho 22, 2008

Limites da Idiotice: Metallica

A reportagem foi publicada no Guardian nesta quinta-feira. O ótimo texto de Clive Stafford Smith dá conta do uso de música em altos decibéis como tática de tortura. A reportagem resolveu então entrevistar James Hetfield, do Metallica, para ver o que ele achava de seu som ser usado para arrancar 'confissões' de cidadãos acusados de terrorismo. A resposta?

"Se os iraquianos (sic) não estão tão acostumados à liberdade, então estou feliz em fazer parte desta liberação (sic). Nós temos punido nossos pais, esposas e todos os que gostamos com nossa música desde sempre. Por que deveria ser diferente com os iraquianos?"

Idiotice tem limite. E piada envolvendo tortura não tem a menor graça.

2 comentários:

Olga disse...

Que a música do Metallica é torturante, eu já sabia há tempos. Agora, a piada é absurda.

Luana disse...

Oiiii
Adoreii seu blog, por isso resolvi comentar..entra la no meu e comnta tbm tah?
Bjossss