quinta-feira, julho 19, 2007

Assim Não Dá!

Michael Musto, no Village Voice que já está nas bancas da cidade, acertou em cheio:

John Travolta, o principal parceiro de Tom Cruise na seita da Cientologia em Hollywood, fazendo o papel da ma-ra-vi-lho-sa travesti Divine, na versão bem-comportada de Hairspray, do subversivo John Waters, é como Michael Jackson escalado para fazer Nelson Mandela. Não dá. O musical entrou em cartaz esta semana nas salas da cidade.

Um comentário:

Olga disse...

Eu amo o Hairspray original. O Travolta fora do armário está muito engraçado!!!! E a Michelle Pfeiffer, pelo que vi na Oprah, continua linda.
Nada mais iconoclasta do que Tony Manero fazendo Waters, ora!